in

A importância em manter a postura correta

 

Os idosos da nossa sociedade em que vivemos tinham boa postura desde cedo. Em seus primeiros dias, muitas dessas pessoas tinham que seguir algumas posturas disciplinares sérias para manter as costas retas. Embora a próxima geração tenha ouvido falar sobre essas histórias, mas sem nenhuma lembrança séria de uma melhor postura, esta geração está experimentando algumas conseqüências sérias de má postura. E seus filhos também estão levando uma vida sedentária, sentados em frente a sistemas de videogame por horas e estão recebendo muito pouca instrução, se houver, na postura correta. Assim, a cada nova geração, há continuação do agravamento da postura.

O problema com má postura

A fisioterapia esportiva ajuda a melhorar as posturas das pessoas, seja o funcionário de escritório sentado em sua cadeira o dia todo ou a pessoa que gosta de descontrair. O problema da má postura é que quanto mais jovem começamos e quanto mais a continuamos, mais difícil se torna corrigi-la. E nossos corpos estão sendo treinados para adotar essa nova posição como normal.

Ocorrem mudanças de comprimento e força muscular que configuram nossos corpos com desequilíbrios de músculos e não experimentam dor até o início dessas mudanças. E com o envelhecimento, a espinha começa a endurecer, o que é natural e, com a tendência de má postura continuar, a pessoa ficará com a coluna endurecida com uma posição arredondada mais tarde.

O que vemos na clínica

Existem alguns problemas posturais usuais que requerem tratamento como escoliose (curvatura lateral das costas) e cifose (um arredondamento excessivo da coluna). Mas a má postura também tem algumas implicações de longo alcance que não são perceptíveis.

Com má postura, há probabilidade de desequilíbrios musculares que resultam em maior estresse em áreas específicas da coluna vertebral. Estes podem resultar em nervos irritados, danos nos tecidos moles, como tendões e degeneração articular, que podem levar à tendinite, compressão dos nervos e à linha de fundo da DOR. Assim, apesar de não ter dor nas costas ou no pescoço, você pode ter dor no cotovelo ou na panturrilha.

Há esperança

Há boas chances de melhorar a postura, atendendo à origem do problema. Assim, pode ser uma configuração inadequada da estação de trabalho ou qualquer tipo de uso excessivo de determinados músculos que possam causar desequilíbrio muscular e a dor resultante.

Pode-se também iniciar um programa personalizado de alongamento e fortalecimento do núcleo que pode ser extensivo ou simplesmente dependendo das necessidades e desejos do indivíduo para liberar os desequilíbrios do corpo.

Medida preventiva: Para manter uma boa postura, é importante manter o hábito de corrigir nossa postura, para que seja fácil mantê-la mais tarde.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

5 exercícios que ajudam seu joelho artrite!

Rapport profissional – a chave para a reabilitação bem sucedida